domingo, 22 de maio de 2011

Não há nada a fazer, sou uma romântica.

E gosto de uma boa estória de amor, especialmente daquelas que saem out of the box e têm actos capazes de surpreender o outro e o mundo à volta.

2 comentários:

  1. Hehehehe... tamb+em gostava de encontrar alguém que inspire a minha veia criativa... e aí medo, muito medo :D

    ResponderEliminar