terça-feira, 3 de abril de 2012

A irmã caçula do meu ex namorado de há séculos atrás, contactou-me através do Facebook para me pedir o contacto de uma pessoa lá da terrinha. Nada de surpreendente não fosse esta miúda ter uns 5 anos quando eu namorei com o irmão dela ( eu tinha 16 para verem a antiguidade!) e ter saído do país com essa mesma idade. O que só me faz supor que só pode saber quem eu sou porque o irmão lhe fala de mim. Sendo que passaram 12 anos desde essa altura, não posso deixar de ficar curiosa sobre o porquê de ainda ser mencionada, se bem que suspeito que os motivos são os melhores. Na altura foi uma daquelas histórias adolescentes intensas e derradeiras, achei mesmo que depois dele nunca mais iria gostar de ninguém, via-me condenada a ser incapaz de amar. A coisa acabou de repente, com muitas pontas soltas e foram precisos 8 anos para nos vermos de novo e resolvermos tudo com uma boa conversa. Na minha cabeça ficou tudo para lá de arrumado desde esse momento e não voltei a pensar no moço, ainda que na despedida ele me tenha escrito uma carta em que nos apelidava de "personagens de um romance camiliano, cujo destino não permitiu ficar juntos para já" o que, convenhamos é tão ridículo quanto romântico. Mas espero que na cabeça dele as coisas também estejam mais que resolvidas. Recordações que pairam e amores por fechar só ficam bem no cinema.

1 comentário:

  1. well se ele não ficou arrumado é um grande problema para ele...

    ResponderEliminar