quarta-feira, 14 de julho de 2010

The Straight Story



Quando comecei a ver este filme fiquei aborrecida e pensei em apagá-lo ainda antes dos primeiros 10 minutos terem decorrido. Ainda bem que não o fiz. É maravilhoso, desde as interpretações, à realização (David Linch), à banda sonora (angelo Badalamenti, o compositor fetiche de Lynch, que também compôs a ost da Mulholand Drive) . E melhor, baseado numa estória verídica.

Um homem no final da vida, meio cego e com dificuldades de locomoção, decide-se a ir visitar o irmão doente, com o qual não fala há mais de 10 anos, atravessando o estado do Wisconsin e Iowa num cortador de relva. Sim, um cortador de Relva!

Tenho uma queda por filmes que retratam viagens como metáforas de vida, mas este é delicioso e tocante, especialmente por ter sido uma estória real. E o actor principal, como é possível que não tenha ouvido falar dele!!Richard Farnsworth, de uns olhos azuis que puxam através do ecrã e uma interpretação de deixar lágrimas no canto do olho. Este vai para a minha lista de filmes de sempre.

7 comentários:

  1. agora fiquei curiosa! isso não se faz, sou viciada em filmes :P

    ResponderEliminar
  2. Não é um filme de acção, é um filme de personagens e de contemplação. Mas é tão bom! Recomendo.

    ResponderEliminar
  3. David Lynch é um dos meus mestres. E como é tão simples este filme, comparado com as outras obras dele, e ao mesmo tempo estamos a vê-lo e sabemos que é um filme do realizador. Tem chaves para perceber os filmes mais complexos. Obra-prima!

    ResponderEliminar
  4. Um dos filmes da minha vida também! :) :) :)

    ResponderEliminar
  5. lembro-me bem quando esse filme apareceu. Já vi uma boa parte, infelizmente não acabei de ver, mas é realmente qualquer coisa de genial. Sou uma fã confessa de David Lynch.

    ResponderEliminar
  6. uma banda sonora excelente. Acompanha-me há anos.

    Maravilha!

    ResponderEliminar